Dicas para abrir uma clínica odontológica

É o sonho de muitos dentistas poder abrir uma clínica odontológica, mas é importante ressaltar que esse não é um caminho simples e fácil.

Montar uma clínica odontológica requer um amontoado de cuidados. O objetivo não deve ser apenas conquistar e atrair clientes, mas também estar com o seu negócio legalizado perante a lei e com uma boa estrutura para receber com qualidade, responsabilidade e profissionalismo os seus pacientes.

Trate sua clínica como uma empresa para obter sucesso, mas não se esqueça jamais de que estará lidando com a saúde de outras pessoas. Confira a seguir algumas dicas para abrir sua clínica odontológica.

Comece planejando

Como em qualquer outra empresa, a primeira dica para montar uma clínica odontológica é fazer um plano de negócios.

Muitos negócios têm fracassado poucos anos depois de abrirem as portas por não terem um negócio bem estruturado. Oferecer um serviço relevante não é o suficiente para manter o funcionamento da sua clínica.

A concorrência de clínicas odontológicas é grande, então você precisa conhecer esse tipo de empreendimento e quais os serviços você pode oferecer para os seus clientes.

Lembrando que se você não é formado na área, também pode investir nesse setor, porém, neste caso, será necessário que tenha uma equipe que conheça o ramo ou contratar a assessoria de um profissional qualificado.

Mas sendo formado em odontologia ou não, tendo definido os serviços que irá oferecer aos clientes, monte uma equipe capacitada para oferecer um atendimento de qualidade.

Documentos necessários para abrir uma clínica odontológica

A documentação necessária para abrir uma clínica odontológica consiste em:

·         CNPJ;

·         Documentação na Junta comercial;

·         Registro no Conselho Regional de Odontologia (CRO);

·         Cópia autenticada do RG e do CPF;

·         IPTU do imóvel;

·         Secretaria Estadual da Fazenda;

·         Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda;

·         Alvará de funcionamento;

·         Solicitar alvará do espaço para a Vigilância Sanitária;

·         Dentre outros documentos específicos da sua cidade.

Defina e conheça as necessidades do público da sua clínica odontológica

Existem serviços odontológicos que são necessários para toda a população, mas também existem outras clínicas que oferecem os mesmos serviços. Tendo isso em vista, sua clínica deverá ter algo que a diferencie das outras para ser escolhida.

Preço mais baixo, atendimento especializado, descontos para um determinado público, esses podem ser alguns dos diferenciais para adotar na sua clínica.

Defina qual é o seu público-alvo. Isso significa que deverá saber quais os tipos de pacientes você tem a intenção de receber. Os atendimentos vão dos mais simples, como: higiene bucal e formas de acabar com a boca amarga a cirurgias, extrações e procedimentos estéticos.

É necessário que você entenda a necessidade do seu público e que existem diferentes tipos de pacientes que pagam diferentes preços por cada tratamento, para entregá-los o que de fato precisam.

Especialidades de uma clínica odontológica

Algumas especialidades que sua clínica pode ter, são:

·         Ortodontia;

·         Implantodontia;

·         Prótese dentária;

·         Periodontia;

·         Odontologia para pacientes com necessidades especiais;

·         Radiologia odontológica e imaginologia;

·         Saúde coletiva;

·         Entre muitas outras.

Estrutura

Ao abrir sua clínica, é necessário ter uma estrutura básica já montada para o atendimento dos pacientes.

O seu estabelecimento deve comportar a recepção, sala de espera, sanitários, depósito de materiais de limpeza, central para os materiais esterilizados etc.

Alguns dos equipamentos necessários na estrutura da sua clínica odontológica, são:

·         Cadeira odontológica;

·         Ar condicionado;

·         Micromotor odontológico;

·         Foco cirúrgico;

·         Toalhas e materiais descartáveis;

·         Poltronas para espera;

·         Autoclave;

·         Pia para lavagem de materiais;

·         Compressor;

·         Aparelho de radiografia intra/extraoral;

·         Aparelho de polimerização de resinas;

·         Bebedouro;

·         Material de escritório;

·         Armários;

·         Entre muitas outras coisas.

Invista no marketing da sua clínica odontológica

Você pode investir no marketing tradicional, como cartões de visita, flyer e folders, mas também pode apostar no marketing digital, que é levando sua empresa para as mídias sociais e criando conteúdos informativos e sobre os serviços que sua clínica odontológica oferece.

É fundamental que se dedique ou contrate alguém para cuidar da divulgação da sua clínica. Este passo é essencial, pois irá atrair os seus clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *